Respiração Consciente

A respiração é essencial à nossa vida, e acontece naturalmente. Nós respiramos estando acordados ou dormindo, estando conscientes da respiração ou não.  É a primeira e a última coisa que fazemos nesta experiência na terra.

Quando buscamos melhorar nossa saúde, pensamos em dieta, exercícios e não lembramos, ou melhor, nem temos consciência de que a respiração exerce um alto impacto  físico, emocional, mental e espiritualmente.

Quais os benefícios da respiração consciente?
Benefícios Físicos
  • Alivia a dor
  • Aumenta energia
  • Acelera a desintoxicação
  • Melhora a capacidade respiratória
  • Fortalece o sistema imunológico
  • Libera toxinas do organismo
  • Massageia e tonifica os órgãos internos e músculos abdominais

 

Benefícios Mentais e Emocionais
  • Diminui o  estresse
  • Acalma a mente
  • Libera  emoções reprimidas como raiva, medo, ansiedade, culpa e depressão
  • Cria mais paz, criatividade e clareza.
  • Pessoas com vícios experimentando um profundo alívio

 

Benefícios Espirituais
  • Expande a  consciência e conexões com a nossa natureza ilimitada
  • Proporciona uma  meditação profunda
  • Gera alegria, felicidade e paz
Respiração Abdominal

Esta respiração serve para fortalecer a nossa base, coisa freqüentemente negligenciada. Colocamos ambas as mãos sobre o abdômen e, devagar, de modo consciente, enchemos a parte inferior dos pulmões. O abdômen se eleva, abaulando-se. Após termos inspirado, retemos um pouco o ar; em seguida, expiramos vagarosamente, deixando o abdômen se contrair. Sempre, em todos os exercícios, deve-se tentar prolongar a respiração o máximo possível! Ao expirar, dirigimos conscientemente a energia para todos os órgãos abdominais e para os pés, acalmando a circulação. A parte inferior do tecido pulmonar é a mais vigorosa. Fazer o exercício de cinco a sete vezes.

Respiração Torácica

Colocamos ambas as mãos sobre as costelas, com os polegares apontando para trás. Inspiramos, enchendo conscientemente a parte média dos pulmões e distendendo bem as costelas. Dessa forma, as costas também se alargam, e ficamos “redondos como um barril”. De pulmões cheios, fazemos uma pequena pausa e, depois, expirando, dirigimos conscientemente a energia para o coração e para os pulmões. Fazer o exercício de cinco a sete vezes.

Respiração Alternada
  • Sente-se em uma posição confortável
  • Vamos usar a mão direita –  polegar (para fechar a narina direita) e o indicador (para fechar a narina esquerda).  A mão direita fica sobre a coxa.
  • Para iniciar, solte todo ar; feche a narina direita e inspire pela narina esquerda. Feche a narina esquerda e solte o ar pela narina direita.Inspire pela narina direita. Feche a narina direita e solte o ar pela narina esquerda.  Este processo consiste em  1 ciclo.
  • Deve ser feito no mínimo 9 ciclos.
  • Efeito:
    • revigora o sistema nervoso e o intelecto
    • Ajuda a purificar e equilibrar os canais energéticos do corpo
    • Proporciona o arejamento e limpeza do nariz.
Respiração “Fole”

Sentado, para o Abdômen e o Peito

  • Colocar as mãos sobre o abdômen.
  • Respirar pelo abdomen de maneira bem vigorosa e audível.
  • Fazer o mesmo, com simples respiração torácica.
  • Fazer isso durante trinta a sessenta segundos.
  • Efeito: ativa e estimula os órgãos da digestão, produz calor e combate o cansaço
Respiração Ponto Hara

Essa respiração vem da esfera das disciplinas japonesas e se refere ao abdômen como suporte principal do ponto energético ki a ser procurado cerca de 3 centímetros abaixo do umbigo. “Hara e a palavra japonesa que significa “abdómen”.

  • Colocar as mão sobre o abdômen e inspirar lentamente até estar agradavelmente cheios de ar.
  • Fazer uma pequena pausa e, em seguida, expirar de boca entreaberta e com a ajuda de um prolongado “ffff”, como se estivesse soprando uma vela.
  • Enquanto isso, o abdômen deverá estar totalmente descontraído, só retornando à sua posição inicial no fim da expiração.
  • Durante a expiração, imaginar uma bola de chumbo que desce interiormente para o fundo da bacia. Também pode ser de algum auxilio imaginar que se está sendo libertado de uma carga pesada.
  • Por favor, não vamos ter escrúpulos estéticos ao nos identificarmos, por um curto espaço de tempo, com a figura acentuadamente barriguda de uma estátua de Buda. Ter a consciência do abdômen alivia o cansaço do homem ocidental.
  • Efeito: libertação do medo, eliminação de cólicas no baixo ventre, no estômago e na vesícula biliar, e combate às dores menstruais.
Respiração em 4 tempos

As 4 fases da respiração tem a mesma contagem:  puraka (inspiração), kumbhaka (retenção com pulmões cheios), rechaka (expiração) e shúnyaka (retenção com pulmões vazios).

  • Inspire contando quatro tempos
  • Retenha o ar contando quatro tempos
  • Expire contando quatro tempos
  • Fique sem ar contando quatro tempos.
  • Faça dez ciclos respiratórios completos, mantendo sempre a mesma contagem.
  • Efeito: oxigena o sangue e o cérebro, proporciona  vitalidade e uma profunda sensação de bem-estar.
Respiração do crânio brilhante

É uma técnica que  treina as pessoas para que deixem de ser ansiosas.  É preciso inspirar lenta, longa e profundamente até finalizar toda capacidade de inspiração.  As pessoas ansiosas tendem a soltar o ar antes de terminar a inspiração.

Você pode ver essa respiração clicando aqui.